Rodrigo Vaca.

A Zoho, multinacional indiana de software de negócios, acaba de abrir uma unidade no Brasil, em Florianópolis.

A operação deve fazer 30 contratações até junho e focar em seis produtos da suíte de 45 da Zoho, incluindo soluções de gestão de relacionamento com clientes (CRM, na sigla em inglês), suporte a clientes, criação de aplicações no code e colaboração. 

A Zoho é uma empresa de porte médio, com faturamento anual de US$ 590 milhões e 10 mil funcionários e vem testando o mercado brasileiro faz algum tempo.

Em 2017, a Zoho divulgou no Baguete planos de saltar de 20 para 100 canais no Brasil, por exemplo. A Mextres, uma consultoria gaúcha, já vinha trabalhando os produtos da empresa no país pelo menos desde 2012 e está hoje entre os parceiros em mais alto nível no país.

Em 2020, a empresa contratou Rodrigo Vaca para o cargo de gerente de operações no Brasil.

Vaca se dividia entre Austin, no Texas, São Paulo e Chennai, cidade na Índia onde fica a sede da Zoho. Antes, Vaca foi CMO da Pipefy, uma empresa brasileira de gestão de processos, também baseado em Austin.

O profissional já trabalhou na mesma Zoho por 10 anos, tendo sido VP de Marketing. Ele também tem uma passagens pela área de Marketing do Google e de Gestão de Produto da Microsoft, sempre nas sedes.

O executivo, dono de um currículo invejável, ficará agora em Florianópolis, uma cidade em alta quando o assunto é tecnologia, sede por exemplo da RD Station, comprada recentemente pela Totvs por R$ 1,86 bilhão.

"O estado dá incentivos fiscais para empresas de tecnologia e a qualidade de vida que Florianópolis pode proporcionar aos funcionários da Zoho. A Zoho tem a cultura de ter sua sede fora dos grandes centros", afirma Vaca.

O time local inclui ainda Jonathan Melo, ex-head de marketing no Brasil da Net2Phone, uma multinacional no segmento de voz sobre IP.

Fabiana Lansner, outra executiva brasileira residente nos Estados Unidos, é a diretora comercial. O background de Lansner, no entanto, é bem diferente: ela foi country manager para o Brasil da Piloxing e da Zumba Fitness, duas grandes redes de academias de ginástica.