Qlik é um software de visualização de dados.

O Grupo Keyrus, multinacional francesa especializada em business intelligence, big data e soluções digitais, acaba de adquirir a paulista QConsulting, uma das maiores parceiras da especialista em visualização de dados Qlik no país.

Não foi revelado os termos ou o valor da aquisição. A QConsulting teve um faturamento de R$ 10 milhões no ano passado e exibe em seu site clientes como Ticket, Banco Original Dia, JBS e Eurofarma.

Fundada em 2010, a empresa tem 60 colaboradores. Eles serão incorporados ao time da Keyrus no país, que já soma 430 funcionários.

A compra faz parte do investimento da Keyrus nos seus negócios com Qlik no país. No ano passado, a empresa se tornou a primeira elite partner da Qlik no Brasil, um status só compartilhado por outras 14 empresas no mundo.

Com isso, a Keyrus pode começar a vender licenças diretamente, sem precisar passar pelas paulistas Nórdica e Inteligência de Negócios e a catarinense Toccato são chamadas revendas master e funcionam como distribuidores no país.

Qlik, no entanto, é só uma das áreas de negócio da Keyrus, que também trabalha com IBM, Microsoft, Oracle, SAP, SAS, Tableau e a solução de e-commerce Hybris.

A Keyrus faturou € 227,9 milhões no ano passado, dos quais 8% (cerca de R$ 66,7 milhões, foram obtidos no Brasil, uma alta de 15,2%).

“Em dois anos, a nossa meta será contratar mais 100 profissionais, atingindo uma nova dimensão que nos tornará líderes na América Latina”, acredita Javier Riera, CEO da Keyrus do Brasil.

Os sócios da QConsulting serão Regis Torres e Douglas Sobreira, dois ex-consultores da Nórdica Software com quase duas décadas de projetos com Qlik, agora à frente da diretoria de Smart BI da Keyrus do Brasil.

“Agora vamos oferecer aos nossos clientes um leque de opções de soluções BI dos principais players do mercado mundial e poderemos dar mais oportunidades aos nossos colaboradores”, analisa Torres.