Sergio Furio, CEO da Creditas. Foto: Divulgação.

A Creditas, plataforma online de crédito com garantia, acaba de anunciar a aquisição da Creditoo, sistema 100% online que oferece empréstimo consignado como benefício para funcionários de empresas privadas. 

O negócio faz parte do plano de expansão dos produtos da Creditas e acontece após a captação de R$ 900 milhões em uma rodada de investimento liderada pelo SoftBank no início de julho. 

Fundada em 2016 por Ramires Paiva e Luiz Bettega, a Creditoo está em operação desde 2018. Com taxas de juros a partir de 1,75% ao mês, a fintech tem o objetivo de liderar a expansão do crédito consignado privado no Brasil. 

“O consignado privado se encaixa perfeitamente no que a gente já faz aqui na Creditas. É um produto bom para o cliente e bom para nós. Nós estamos muito felizes com essa união, pois juntos vamos conseguir ajudar mais brasileiros a realizarem seus projetos de vida com um crédito mais barato e com parcelas mais acessíveis”, diz Sergio Furio, CEO da Creditas, que foi o primeiro investidor da Creditoo em 2016.

Com 60 colaboradores, a Creditoo conta com mais de 1 mil empresas parceiras, que oferecem o serviço aos seus funcionários. 

Por meio de uma conversa com um chatbot, o cliente pode conseguir até R$ 50 mil em crédito consignado. As parcelas não ultrapassam 30% do salário e são descontadas diretamente da folha de pagamento. 

“Esse é um momento muito especial da Creditoo. Essa união com Creditas fortalece o nosso crescimento, oferecendo aos colaboradores das empresas privadas um crédito totalmente online, simples e com a menor taxa de juros do mercado. O salário é uma garantia para pagamento do empréstimo, que diminui a inadimplência das operações e possibilita uma redução da taxa de juros”, diz Ramires Paiva.

A Creditas foi fundada com o nome BankFacil em 2012. Com sede em São Paulo, a empresa conta com mais de 750 funcionários e já recebeu R$ 1,2 bilhão em investimentos de fundos internacionais de Venture Capital.