Frederico Vilar. Foto: arquivo.

Tamanho da fonte: -A+A

Frederico Vilar não é mais o presidente da Neoris Brasil.

A reportagem do Baguete Diário teve acesso ao e-mail enviado pelo executivo a seus contatos, informando a saída da companhia que presidiu por quatro anos e meio.

A informação também foi confirmada pela assessoria de comunicação da Neoris.

No e-mail, Vilar não menciona um novo destino, apenas destaca que completou “mais um ciclo profissional”.

Antes da Neoris, Vilar ocupou cargos de direção em empresas como Sonda Procwork, W3 Consultoria e Tecnidata.

A Neoris não tem ainda um novo nome para o cargo. Conforme a assessoria, a mudança no comando se deve a uma reestrutração na operação de toda a América do Sul.

Por hora, a unidade brasileira fica sob o guarda chuva de Martin Mendez, líder da empresa na região, que fica sediado na Argentina.

MOMENTO CONFUSO
A saída de Vilar e a reestruturação na Neoris acontece em um momento conturbado para a companhia.

Ao longo dos últimos meses, a especulação era que a empresa poderia ser vendida, como parte de uma manobra para melhorar as contas da Cemex, cimenteira mexicana da qual a Neoris nasceu como uma spin off.

Os possíveis compradores apontados foram a também mexicana Sofftek e a IBM, que assumiu um acordo de prestação de serviços de backoffice em RH e finanças por 10 anos com a Cemex.

Os boatos foram turbinados pelos problemas financeiros da Cemex – a empresa tem dívidas de US$ 7 bilhões - o que poderia fazer atrativo para a multinacional uma venda.

Já a Neoris é reconhecida pela sua área de SAP, com 3,5 mil empregados e faturamento de US$ 300 milhões em 2011. A Cemex é responsável por 15% da receita da Neoris.

Recentemente, no entanto, a Cemex veio a público por meio de uma nota afirmando que não tem planos de vender a Neoris.

“A Neoris deu muito resultado para a Cemex e continuará a fazer parte do nosso desenvolvimento futuro”, afirma na nota Fernando Gonzalez, vice presidente de Finança e Administração da Cemex.

O texto afirma ainda que o contrato assinado com a IBM não se sobrepõe com os serviços de consultoria de TI, desenvolvimento de aplicativos e implementação de serviços da Neoris, que permanecerá como “um parceiro estratégico da Cemex”.