Robson Dantas, diretor de fintech do Magalu. Foto: divulgação.

Tamanho da fonte: -A+A

A Magazine Luiza anunciou a aquisição da Bit55, uma plataforma de tecnologia para processamento de cartões de crédito e débito na nuvem.

Como de costume, a companhia não revelou o valor da transação, que ainda depende da avaliação e aprovação do Conselho Administrativo de Defesa Econômica (CADE). 

A paulistana Bit55 teve sua tecnologia proprietária desenvolvida pelo Banco BS2 para processamento de seus próprios cartões e, agora, a instituição desmobiliza este ativo para seguir sua estratégia de ser um banco focado nas PMEs.

“Ter disciplina para perseguir essa diretriz é fundamental para nosso crescimento. Permanecemos como o primeiro cliente da Bit55 que, impulsionada pelo Magalu, vai ganhar ainda mais musculatura”, afirma Marcos Magalhães, CEO do Banco BS2.

A Bit55 possui um modelo escalável, com capacidade de processamento de mais de 2 mil transações por segundo, além de oferecer toda a estrutura necessária para a gestão de um portfólio de cartões de crédito.

Isso inclui o recebimento da proposta, envios de cartões, captura e autorização das transações, emissão da fatura, recebimento e conciliação automática.

Com a compra, a Magalu quer ter mais autonomia no desenvolvimento de cartões e expandir o seu setor financeiro.

A ideia é complementar os serviços oferecidos pela Hub Fintech, que foi adquirida pelo Magalu em dezembro de 2020 e teve a compra aprovada em abril, após uma batalha com o Mercado Livre.

A fintech agora poderá emitir aos seus clientes cartões de crédito e débito, além dos atuais cartões pré-pago e as contas digitais. Sua oferta de serviços conta com 4 milhões de contas digitais e cartões pré-pagos ativos que, apenas no ano passado, movimentaram cerca de R$ 7 bilhões.

“A nova aquisição faz parte das iniciativas de fortalecimento do setor de fintech da companhia e é mais um importante passo na estratégia de digitalização do Brasil”, afirma Robson Dantas, diretor de fintech do Magalu.

Esta é a sétima aquisição do Magalu em 2021. Neste ano, a empresa já trouxe para seu portfólio: o canal de conteúdo Jovem Nerd; a SmartHint, de recomendação de compra para e-commerce; a VipCommerce, uma plataforma de supermercados; a ToNoLucro, um app de delivery de alimentos prontos; a GrandChef; e o site de moda Steal The Look.

No ano passado, a companhia realizou 11 aquisições, entre elas Estante Virtual, AiQFome, Hubsales, Stoq, Inloco, Canaltech, ComSchool e a Hub Fintech.

Listada no Novo Mercado da B3 desde maio de 2011, a Magalu conta com mais de 47 mil funcionários e 1,3 mil lojas em 19 estados do país. Seu marketplace conta com 30 milhões de usuários ativos.